quarta-feira, 31 de agosto de 2005

EXCLUSIVO: Primeira Vítima flagra atentado realizado durante atentado no Iraque

Carro desgovernado da Chevrolet complica ainda mais situação no país, que já tem mais de mil mortos em tumulto

Do enviado infeliz a esse país idem

Como se não bastasse a infindável série de desgraças que se abate no Iraque desde a queda da Babilônia, novos personagens se apresentaram na manhã de hoje como complicadores da já complicada situação política do país. Aparentemente aproveitando-se da confusão causada pelo grito de "Tem suicida aqui!" na ponte que leva à mesquita de Kadhimiya, em Bagdá, um carro da marca Chevrolet foi flagrado atirando-se contra a multidão que tentava se esconder dentro do rio, cujo nome nenhum tradutor soube soletrar.


Foto tirada momentos antes do acidente

Não se sabe ainda se o grito terrorista está diretamente relacionado à barberagem suicida. A única informação até agora é que o grito partiu de alguém de turbante, o que não foi muito útil às investigações até o momento. Mas a reportagem de A Primeira Vítima conseguiu fotos exclusivas do portal iGue que mostram que pelo menos uma mulher de blazer está envolvida no ataque, o que sugere a participação de organizações não-islâmicas.


Foto tirada no momento do acidente

O assessor de imprensa da Secretaria de Terrorismo do Iraque, Dethonah Kabhum, considerou absurdas as declarações que o método pouco ortodoxo do atentado primário seja prova de relação com organizações internacionais. "É parte da nossa nova política de redução de gastos a realização de atentados a bomba sem bomba. Em nome da STI, repilo todas essas acusações."

A montadora do carro desgovernado negou a especulação que o atentado sobre atentado se tratasse de uma campanha agressiva de marketing, mas não quis pronunciar mais nada, alegando câibras na língua devido ao número de nomes árabes envolvidos na questão.

Um comentário:

Ana Daltro disse...

Muito boa, hehe! :P