sexta-feira, 21 de outubro de 2005

Entrevista exclusiva com aquele que está pronto para ser presidente

Provando que não fica pra trás, A Primeira Vítima garante sua participação no movimento midiático a favor do supergovernador Alquimin

O bom governador de São Paulo Gerardo Alquimin, que está pronto para ser presidente, concedeu entrevista exclusiva por e-mail ao noticioso A Primeira Vítima. Ele comentou o brilhante resultado da pesquisa que o aponta como candidato favorito da grande maioria de quase todos os grandes empresários brasileiros.


APV: Excelentíssimo governador, como o senhor avalia o grande resultado que o indica como grande favorito dos endinheirados?

GA: É com muito prazer e naturalidade que eu recebo esta notícia. Isso é resultado de três características marcantes de meu governo e de minha vida pública. Em primeiro lugar, trabalho. Cada segundo da minha gestão é dedicado a trabalhar, principalmente para ratificar essa minha imagem de grande gestor. O segundo ponto fundamental é trabalho. Faz mais de três anos que eu parei de dormir que é para sobrar mais tempo para despachar. A terceira característica fundamental é trabalho. Cá entre nós, minha esposa - aquela mulher maravilhosa que foi talhada para ser primeira-dama da República, como acertadamente andam dizendo algumas revistas - já anda até reclamando que não sobra tempo para vida íntima. Eu a acalmo dizendo que nascemos para a vida pública. (Risos)

APV: Vossa Excelência acha suficiente o apoio dos empresários para ser eleito?

GA: Não, é um grande passo, mas não é suficiente. Mas eu estou tranqüilo, porque sempre trabalhei muito e conto também com o apoio de mais várias correntes importantes da opinião pública. Minha família, por exemplo, me apoia incondicionalmente! Eu já até liguei pra duas tias minhas que moram no Nordeste pra elas começarem a campanham. Do jeito que elas são fofoqueiras, em duas semanas serei mais conhecido lá que o Padim Ciço, o Lampião, e o bispo que não come juntos. Além disso, tenho o apoio desinteressado e fraterno de quase toda a mídia.

APV: O Excelentíssimo concorda conosco da imprensa sobre o fato de estar pronto para governar esse imenso Brasil?

GA: Sim, eu estou pronto para governar o país. Aliás, agradeço o apoio de toda a mídia, que já vem adotando meu novo slogan. Outro dia, um jornal lançou um aposto que me caracteriza muito bem: "Geraldo, que está pronto para ser presidente, ..." Adorei! Já mandei meus assessores dizerem pra toda mundo que agora só quero ser chamado assim. Isso é um baita slogan, não acha?

Nenhum comentário: