terça-feira, 9 de maio de 2006

EXCLUSIVO: “Operação Sugadora” investiga meninas de Geni Maria Córner

Polícia Faz-Geral quer testar habilidade das garotas como recepcionistas

Geni Maria Córner: "o trabalho das meninas era duro, muitos [políticos] entravam e saíam [das festas] várias vezes numa mesma noite"

DIRETO DE BRASÍLIA (colaborou Alexandri Broca)

Depois do sucesso da "Operação Sanguessuga", a Polícia Faz-Geral resolveu entrar de cabeça na crise do governo Lula e criou a "Operação Sugadora", para investigar as meninas que trabalhavam para a “empresária” Geni Maria Córner. Como ainda há dúvidas sobre a profissão que era desempenhada nos encontros com figurões do governo, a intenção da PF é testar a habilidade das garotas como recepcionistas.

Primeira suspeita a ser presa pela operação, na manhã desta terça-feira, Geni Maria Córner se recusou a fazer os testes de datilografia e atendimento telefônico propostos pelos agentes. “Não faço nada se não estiver algemada e vendada antes”, disse a “empresária”, que também exigiu um creme lubrificante (para as mãos).

Perguntada sobre que tipos de atividades eram desenvolvidas pelas meninas nos encontros com políticos, Córner disse que as garotas apenas verificavam quem entrava e quem saía das recepções. “O trabalho era duro, não era brincadeira, muitos entravam e saíam várias vezes numa mesma noite. Outros, mais velhinhos, mal conseguiam se locomover, e precisavam de muita ajuda e paciência das garotas”.

Bastante elogiada pela opinião pública, o aparato organizacional da "Operação Sugadora" segue os mesmos padrões da "Operação Blowjob", realizada com imenso sucesso nos EUA, na década de 70. Na ocasião, foram reveladas grandes estrelas do cinema pornô americano, como a atriz Lindíssima Lovenlace, de Gargantilha Funda, e o ator Don Geremi, conhecido como Don 33.

Para tornar o trabalho mais profissional, o cineasta Dion Staliano, o Butiman, foi convidado pela PF para filmar e catalogar todas as 50 meninas que trabalham com Geni. “Butiman tem larga experiência no ramo e realizará um trabalho excelente”, disse um dos comandantes da operação, que não quis se identificar.

No final da "Operação Sugadora", serão produzidos dez DVD’s, com cinco meninas em cada. O conjunto de filmes comporá as séries “Sugadoras” e "Com a Boca na Botija", e estará disponível para vendas ao grande público em outubro.

4 comentários:

Paolo Scafi, alinhado anatomicamente com um partido político nacional, disse...

Tava demorando para o governo Lulla começar a perserguir os empresários e empresárias deste país!

Edu Comunicação disse...

Ao informar a data de estréia, a matéria encaixa-se perfeitamente no enquadramento do Jornalismo Cultural.

Anônimo disse...

Gostaria de analizar mais "PROFUNDAMENTE" estas meninas
Ass: Botelho Pintão

Anônimo disse...

VENDO MOTO HONDA 125 TITÃ ANO 2000 DOC OK EM MEU NOME contato: emava@ig.com.br