sábado, 20 de maio de 2006

Lambo: "Cansei de brincar de governador"

Durante coletiva ao lado do filho, Lambo Jr., o ex-defunto admitiu que preferia ficar no cargo de reitor ad eternum do Mac Kenzo

O ainda governador de Sampaulo, Cráudio Lambo, de 110 anos, afirmou em (mais uma) entrevista coletiva sobre os atentados do Primeiro e Único Comando da Capital (PuCC) que não tem mais idade para ficar brincando de governador: "O Alquimim me botou aqui só pra cuidar da casa. Mas o vovô não tem pique com essas molecagens do Pucc."

Lambo pediu respeito ao líder do PuCC, Marcos Ervas "Macho" Camacho, o Mancola, que o teria ameaçado de morte. "Mas não se respeita nem mais um ex-defunto hoje em dia?". Ele disse que não espera a hora de voltar para sua poltrona na sala da reitoria do Mac Kenzo, de onde foi tirado para ser governador após 40 anos sentado.

Durante a coletiva, a reportagem d´A Primeira Vítima surpreendeu os demais colegas de imprensa ao perguntar a Lambo sobre um fato pouco conhecido de sua biografia: a participação no seriado infantil Muffet Oldies. Indagado se teria vontade de voltar a gravar o programa, o governador demonstrou decepção: "Bem que eu queria, mas eu saí de lá brigado com o J. R. Polla (diretor do programa e intérprete do sapo Tato)."

4 comentários:

Anônimo disse...

Sensacional!!!!

Anônimo disse...

HILÁRIO!!! Tinha até me esquecido que o Lambo era a "águia americana" no seriado dos Muffets Oldies.

annie disse...

SENSACIONAL!!!

Mandou muito, Julinha!

E essa foto está fantástica...

Anônimo disse...

Julinha por acaso voce e da familia dos "Botelho Pinto" minha linda!