segunda-feira, 11 de setembro de 2006

Estuprador é preso em flagrante

Acusado estava sob liberdade condicional; presidenciáveis comentam

Da reportagem local

Foi detido em flagrante delito Josué José João, 22, o JJJ – elefante que estava sob liberdade condicional do zôo –, suspeito de uma série de estupros que assolava o bairro São Matheus, zona leste de SP.

JJJ foi surpreendido justamente no momento em que ia introduzir uma longa extensão do corpo (e não me refiro à tromba) na sua 16ª vítima, a menor AAA, 12, formiguinha moradora do bairro.

A série iniciou-se na primeira quinzena de agosto, coincidentemente, período em que JJJ recebeu a liberdade provisória. As vítimas eram abordadas sempre da mesma forma: com muita sedução por parte do paquiderme.

Retrato falado
Primeiro, JJJ perguntava as horas; depois, elogiava a silhueta da moçoila e, como arremate final, mandava uma do tipo: “nossa, que cabelos lindos você tem”. E já era.

Ele atuava no maior formigueiro de São Matheus. A comunidade estava em pânico. Uma das vítimas decidiu, então, denunciá-lo. A partir de um retrato falado, a polícia chegou ao meliante sem muitas dificuldades.

“O elemento alegou que estava fazendo algo que ninguém mais poderia fazer por ele: xixi. Não colou”, esclareceu o delegado titular absoluto da DP do bairro, Olhos Atentos Jr. O advogado de JJJ diz que se trata de uma armação anatômica.

Presidenciáveis comentam
Atenta a todos os preceitos legais vigentes, a reportagem de A Primeira Vítima decidiu ouvir os principais postulantes à Presidência sobre o ocorrido, como de praxe.

Lulla, candidato do PTr (Partido dos Truta), lamentou o episódio: “A violência em São Paulo é um caso de polícia, que receberá muito mais investimentos com Mercador como governador”.

O Gerardo, postulante do PSDBr (Partido do Somos Demais para o Brasil), intensificou os ataques ao trutista: “A culpa é do governo, que não investe”.

Eloísa, do PSAL (Partido do Sonho Alagoano), foi além: “Esse safado, sem-vergonha, corrupto – um assessor cutuca a candidata –, delinqüente merece apodrecer no zoológico!!”.

Crystovã, do PDaT, (Partido Dos Atormentados), foi mais além: “Falta educação”. Ana Maria Pastel, do PRPr, (Partido da Recuperação pela Propaganda), afirmou: “Não sei de nada, tô chegando agora”.

3 comentários:

John Renner disse...

O da Ana Maria foi o melhor

Anônimo disse...

Olvídio, the best!!!

janis jopli disse...

Grande Olvídio!!! Mais uma matéria que deve entrar para os anais do jornalismo brasileiro!!! Você poderia aprofundar o tema e colocar como um paper, num Congresso, para uma reflexão importante em torno do papel do jornalismo no mundo global.
Fofíssimo!
Beijokinha
Janis Jopli - promoter, modelo e mestranda em mass midia (linha de pesquisa: telenovelas).