quarta-feira, 14 de março de 2007

Pinel de Primeira: Botox, shit e o manual

Por Olvídio Mor Horelhãns

In loco. Como adiantou esta coluna, o sem-andor ABCDM não rumou a São Paulo para se internar no Lincor. O simpático velhinho veio conferir na capital paulista as últimas novidades do movimento que ele adotou de coração: a filosofia e o visual emo.

Primeiros passos. O
Affonsus elegeu-se vice-presidente de uma comissão mista. Visivelmente emocionado, o ex-presidente, ex-amigo do finado Paulo e atual sem-andor confessou que esperava o cargo mais alto, porém recebeu o novo posto com “muita humildade”.

Só por hoje. Uma ONG espertinha planeja implementar em Brasília um serviço nos moldes do AA (Alcoólicos Anônimos). Trata-se do CF (Corruptos Famosos), um espaço de reflexão, em um ambiente favorável à partilha de experiências para diminuir a angústia dos futuros freqüentadores.

Etiqueta. O presidente Busch surpreendeu-se com a educação do povo brasileiro. Durante visita a uma ONG na Vila Madalena, felizinho bairro paulistano, ele resumiu sua impressão do lugar com uma típica expressão norte-americana: “Oh, shit!”. Em seguida, ouviu um “Saúde, presidente!”.

Intriga da situação. Partidários da ex-prefeita e atual assídua freqüentadora de shoppings no Brasil e no mundo, Martha Suplente, dizem à boca pequena que um dos motivos de Lulla não a convidar para um ministério é uma possível concorrência... por botox.

Analfabeto funcional. O despudorado federal Acerola de Paulo (PR-MG; o “R” fica por conta da sua imaginação, caro leitor) saiu-se com essa ao saber da prisão de seu sobrinho e assessor, Deumilho de Paulo, pego com Z*$ 79.752 numa rodovia em Brasília: “O desgraçado não leu corretamente o manual!”.

* O “Z” é símbolo da nova moeda nacional a ser adotada brevemente pelo governo Lulla: a estaleca, já empregada com sucesso em um importante e respeitável programa televisivo.

Um comentário:

annie disse...

ACM de emo deve ser o que há! Hahahahahahaha...